Funcionária organizando mix de produtos em supermercado

O que é mix de produtos e como definir o ideal para seu negócio

Saber o que é mix de produtos e como defini-lo é um dos pontos fundamentais para o sucesso do negócio. Afinal, são os itens comercializados que atraem os consumidores, influenciando diretamente nos resultados obtidos. 

Uma escolha errada pode fazer com que os produtos fiquem parados nas prateleiras por não agradar consumidores, além de afastar clientes que não encontram os itens que necessitam. Por outro lado, saber como montar o mix de produtos da loja pode aumentar as vendas e, até mesmo, ajudar na fidelização

Quer aprender sobre o assunto? Neste conteúdo explicamos o que é mix de produtos e separamos as principais dicas para montar o ideal. Acompanhe! 

O que é mix de produtos?

O mix de produtos é a variedade de itens ofertados aos clientes. Portanto, a diversidade é um dos fatores que deve ser considerado para atender às diferentes necessidades dos consumidores e, também, o perfil de compradores que compõem o seu público-alvo. 

Assim, ter uma boa variedade melhora a experiência dos clientes e aumenta a satisfação, pois amplia as chances de que eles encontrem o que procuram ou, ao menos, tenham acesso a uma opção semelhante. 

Contudo, não basta escolher uma grande variedade de itens para compor as ofertas. Elas precisam ser pensadas com cuidado para encontrar opções que tenham procura e tragam lucros. Caso contrário, a estratégia não trará os resultados esperados e, ainda, pode acarretar em prejuízos. 

Como montar um mix de produtos?

Depois de aprender o que é mix de produtos, é hora de entender como montá-lo. Vamos lá?

Entenda as preferências dos consumidores

O primeiro passo é conhecer o seu público, as preferências e desejos. O objetivo é entender quais são os produtos procurados, marcas de preferência e poder aquisitivo para buscar as melhores soluções. 

Para ajudar, observe relatórios de vendas e verifique quais são os itens procurados: muitas vezes, os clientes entram em contato para pesquisar a disponibilidade de determinado produto. Tudo isso traz dados interessantes para entender o que os consumidores esperam do seu estabelecimento. 

Também vale fazer pesquisas de mercado, por meio de formulários e com uso das redes sociais, para saber o que o cliente busca em sua loja, itens que sente falta e sugestões. Isso pode trazer ideias interessantes para compor o mix de produtos. 

Analise a concorrência

Você já parou para analisar quais itens o seu concorrente vende, de forma mais detalhada? Aqui, é importante verificar a variedade de produtos, marcas disponíveis e promoções realizadas. 

Essa prática pode trazer informações valiosas sobre itens que tem uma boa procura, mas ainda não são comercializados no seu estabelecimento. O motivo é simples: se o cliente não encontra o que deseja na sua loja, porém, o concorrente disponibiliza, ele pode aproveitar para adquirir outras mercadorias, deixando de trazer ganhos para a sua empresa. 

Dê atenção à sazonalidade

Datas comemorativas são ótimas oportunidades para evidenciar produtos específicos, por exemplo, no final do ano, supermercados costumam dar destaque aos panetones, chocotones, perus, espumantes e outros itens ligados às festividades.

Já uma loja de roupa dá destaque aos trajes brancos, looks montados pensando nas cores utilizadas na virada e peças que combinem com o clima natalino. Portanto, a empresa deve estar preparada para adequar os estoques, acompanhando a sazonalidade, e também relacionar os produtos. 

Ou seja, além de oferecer itens que acompanhem a época do ano, faça com que aqueles que se relacionam fiquem próximos. Quer um exemplo? Na época de festas juninas, vale aproximar os produtos usados para pratos típicos, como pipoca, amendoim, canjica, pinhão, entre outros. Isso ajuda a atrair o cliente e pode fazer com que ele leve itens que, até então, não tinha planejado. 

Atualize o mix de produtos e avalie resultados

Por fim, tenha em mente que esse é um trabalho contínuo, então você precisará fazer atualizações constantes no mix de produtos para acompanhar tendências e atender às necessidades dos clientes.

Para isso, é essencial acompanhar os resultados, verificando como está o volume de vendas de cada produto e, se necessário, fazendo testes para avaliar a aceitação de novos itens. 

Uma dica para isso é contar com a tecnologia: um CRM especializado pode ajudar a obter dados dos clientes e dos hábitos de consumo, ajudando na tomada de decisão sobre os itens comercializados. 

Agora que você já sabe o que é mix de produtos e como montar o do seu estabelecimento, organize-se e coloque as nossas dicas em prática para oferecer a melhor variedade de mercadorias para o seu público. 

Quer mais dicas para a sua empresa? Então confira como fazer a gestão de produtos do varejo de maneira eficiente!

IZIO

View posts by IZIO
A IZIO é uma empresa especialista em tornar o #varejointeligente, usando #cashback e #crm para administrar o #loyalty. Conectamos as marcas, o varejo, a indústria com o #shopper
Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami