fbpx
Previsibilidade de vendas no varejo: mão empilhando quadros de madeira com ícones de carrinho de compras e crescimento de vendas

Previsibilidade de vendas no varejo: aprenda e alcance resultados

A previsibilidade de vendas no varejo é uma ferramenta que ajuda a realizar projeções, servindo de suporte à elaboração de estratégias e ao próprio crescimento do negócio. Assim, é essencial que as empresas entendam esse conceito e saibam como implementá-lo.

A partir disso, ficará mais fácil fazer planejamentos e manter uma boa gestão financeira. Ainda, é possível antecipar potenciais problemas e trabalhar em soluções, evitando impactos negativos no desempenho da empresa.

Por isso, preparamos este conteúdo explicando o que é previsibilidade de vendas e como aplicar essa prática no varejo. Acompanhe!

O que é previsibilidade de vendas no varejo?

A previsibilidade em vendas trata da prática de fazer projeções sobre o volume de negócios que serão fechados em determinado período. Isso é feito com base nos dados coletados ao longo do tempo, que podem considerar períodos específicos, épocas sazonais e outros intervalos.

Dessa maneira, é possível prever quantas vendas serão realizadas em certos períodos e, consequentemente, como serão os resultados obtidos. Ainda, a técnica ajuda a organizar estoques, auxiliando a empresa a se preparar para ofertar os itens necessários, sem que isso também resulte em excessos.

Nesse caso, o foco é se ajustar às demandas do mercado, visando otimizar os resultados obtidos. Além disso, a previsão ajudará a identificar períodos de menor volume de vendas, permitindo a criação de estratégias e o preparo financeiro para lidar com as oscilações.

Quais são os tipos de projeções de vendas?

A previsibilidade de vendas no varejo pode se basear em diferentes tipos de projeções. Assim, é importante entender qual é o tipo de previsão necessária para aplicar em suas estratégias. Veja como elas funcionam:

  • projeção de mercado: utiliza dados obtidos no mercado de atuação e na própria economia para entender quais são os possíveis resultados do período. Bastante usada para negócios que ainda estão iniciando;
  • projeção histórica: considera os dados da própria empresa, como volume de vendas, investimento necessário para obter o retorno conquistado, ajustes, atrasos, entre outros dados;
  • projeção de ações: utilizada para analisar o retorno de ações específicas, quando a empresa pretende implementar outras estratégias, por exemplo, promoções e outras práticas de marketing.

Todas elas podem trazer informações interessantes para o negócio, auxiliando na tomada de decisão. Contudo, é essencial saber como se organizar para criar as projeções.

Como fazer a previsibilidade de vendas?

Se você tem dúvidas sobre como fazer a projeção de vendas no varejo, separamos algumas dicas essenciais. Veja só:

  • otimize o controle de estoque: com registros completos, é possível entender o volume de saída de cada produtos, épocas de maior procura e outros dados relevantes para auxiliar nos pedidos feitos aos fornecedores;
  • faça uma boa gestão de vendas: o controle das vendas é essencial para ter dados sobre diferentes épocas, facilitando a administração financeira, já que é baseada em dados;
  • tenha estratégias adequadas: ao implementar novas estratégias no varejo, busque sempre identificar meios de mensurá-las, a fim de permitir a análise de resultados;
  • acompanhe o histórico de resultados: após fazer a projeção, é importante acompanhar os resultados para entender se eles seguiram o que foi previsto e quais foram as diferenças.

Ao identificar que a previsão não se concretizou, apresentando desempenho abaixo do esperado, vale considerar o cenário específico para compreender o que gerou a discrepância nos resultados e desenvolver soluções que permitam a recuperação no mercado.

Como definir metas seguindo a projeção das vendas no varejo?

Um dos pontos essenciais para o sucesso do negócio é a criação e o posterior cumprimento de metas. No entanto, é essencial saber como defini-las para que a prática tenha sucesso. Aqui, é importante entender que é necessário ter diferentes objetivos.

O primeiro, e principal, é aquele que se relaciona com a finalidade da empresa, como se tornar o maior varejo na localidade ou conquistar determinado público. A partir dele, você precisa entender quais são as etapas necessárias para conquistá-lo, como se fossem metas menores.

Nesse cenário, a previsibilidade de vendas no varejo será utilizada como um meio para chegar a esse objetivo, permitindo entender a evolução da empresa, os atalhos existentes e os pontos de melhoria. Afinal, é fundamental ter um acompanhamento das estratégias para definir se elas estão entregando os resultados esperados ou se é preciso fazer adequações.

Para facilitar, também é comum estabelecer metas de vendas ou faturamento em períodos distintos, como dia, semana, mês, entre outros. Isso ajudará a visualizar o comportamento do mercado em diferentes situações, além de oferecer dados relevantes para as próximas projeções.

Agora que você já aprendeu o significado, a importância e como fazer a previsibilidade de vendas no varejo, conte com ferramentas que ajudem a implementar essa prática. Para isso, um CRM completo para auxiliar na coleta e análise de dados sobre os clientes e negócios realizados, é uma peça chave.

Gostou? Está em busca de uma solução completa para otimizar a sua gestão? Então, conheça o IZ Loyalty, a ferramenta da IZIO que vai ajudar você a conhecer os clientes, avaliar o retorno das estratégias e fazer a previsão do seu varejo!

IZIO

View posts by IZIO
A IZIO é uma empresa especialista em tornar o #varejointeligente, usando #cashback e #crm para administrar o #loyalty. Conectamos as marcas, o varejo, a indústria com o #shopper
Scroll to top
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Close Bitnami banner
Bitnami