fbpx
Eventos Sazonais 2020

Eventos sazonais 2020 – Como as marcas estão se adaptando

Eventos sazonais 2020

A quarentena mudou os hábitos de consumo de forma repentina. E isso vai além do fato de que agora o shopper passa mais tempo em casa e faz suas compras de forma mais rápida. Os  costumes de compras passaram por mudanças, especialmente no que diz respeito aos eventos sazonais 2020. 

Desde a Páscoa, o mercado está mudando para atender a um consumidor que prefere ficar distante das aglomerações por produtos que fazem parte do calendário anual de compras.

O varejo esperava um crescimento nas vendas da Páscoa 2020. No começo do ano, estimava-se que o feriado teria resultados entre 5 e 10% melhores do que os apresentados no ano passado. 

No começo de abril, a APAS já havia anunciado que – no Estado de São Paulo – a perspectiva era de crescimento de 2,2%. Mas, com a Covid-19, esse número mudou para queda de 8,5%.

Por isso, todo o varejo precisou se reinventar para acompanhar a mudança no comportamento do consumidor. Mas o que precisou de adaptações mais rápidas foram as estratégias de marketing para a Páscoa 2020. E é importante ressaltar que o planejamento de todas as festas devem mudar esse ano.

Páscoa 2020 

As equipes de marketing presenciaram o começo da crise dos ovos em março. O trade marketing já havia sido determinado e, portanto, foi preciso apostar nas mudanças em meio às campanhas.

Para tornar o marketing mais assertivo, as campanhas de TV foram substituídas por estratégias de Social Ads, com foco em Compra Online e serviços de delivery.

E isso não foi a opção apenas de marcas com lojas próprias, mas de todas elas. Afinal, além de o número de pontos de venda ter reduzido de forma considerável, as pessoas têm frequentado esses lugares com foco em compras básicas.

E as próximas datas comemorativas?

A Indústria tem pouco tempo para se planejar para as próximas datas comemorativas. 

Especialmente o dia das mães, que aconteceu no último dia 10. O governador de São Paulo,João Dória, propôs que a data fosse postergada para agosto, entretanto, de acordo com a FecomercioSP isso não teria um impacto significativo nas vendas. 

Para o dia das mães 2020, estimou-se que o prejuízo em São Paulo foi de 3,7 bilhões de reais.   

Em uma tentativa de amenizar esses impactos, os shoppings optaram por tentar usar um esquema de drive-thru. Dessa forma, o cliente compra pelo WhatsApp ou outros apps da loja e só passa para buscar no shopping.

Outras formas de venda envolvem os e-commerce, mas como estamos muito perto da data e o volume de compras pode ser excessivo, é mais difícil que todas as compras sejam entregues a tempo. 

Também é importante já se preparar para as festas juninas. Obviamente, esse ano não terá nenhum tipo de aglomeração, mas isso não significa que as pessoas vão deixar de comer os alimentos típicos da época. 

Portanto, preparem as vendas físicas e por e-commerce, pois elas ainda podem salvar um pouco desse ano. Especialmente pelo fato de que mesmo que o comércio abra é possível que o impacto nas finanças do público atrapalhe até mesmo o Natal. 

Fontes 1, 2, 3 e 4

IZIO

View posts by IZIO
A IZIO é uma empresa especialista em tornar o #varejointeligente, usando #cashback e #crm para administrar o #loyalty. Conectamos as marcas, o varejo, a indústria com o #shopper

1 Comment

  1. […] você pode enviar o delivery; […]

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll to top
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Close Bitnami banner
Bitnami